Situação da Guiné-Bissau na agenda da reunião dos Chefes de Estado e de Governo da CEDEAO

Os Chefes de Estado e de Governo da CEDEAO reúnem-se no dia 04 de Junho, em Monróvia, Libéria, para analisar dossiês “importantes” sobre a comunidade, nomeadamente a situação da Guiné-Bissau, revelou a agência Inforpress citando o Presidente cabo-verdiano.

“É uma cimeira que vai ter dossiês muito importantes, como o da Guiné-Bissau, o do Mali e da Gâmbia”, indicou Jorge Carlos Fonseca, acrescentando que o relatório sobre “suspeitas de irregularidades financeiras no seio da organização” poderá ser também um tema interessante para os Chefes de Estado e de Governo da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental.

Aquele dirigente fez estas revelações à imprensa à margem de uma visita que efetuou esta quarta-feira, 17, à exposição de fotografias intitulada “As Maravilhas de Cabo Verde”, de autoria de Gabriel Costa, um amador que diz captar as imagens com o sentido de um profissional e fá-lo nos seus tempos de lazer.

Uma missão da CEDEAO deixou uma espécie de ultimato às autoridades de Bissau para aplicarem, até ao dia 25 de Maio, o Acordo de Conacri que traçou o caminho para a solução da crise política que assola o pais há mais de dois anos, sob pena de os que estão a obstruir o cumprimento desse acordo serem sancionados.

ANG/Inforpress

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016