Primeiro-ministro promete reajuste salarial na função pública

Umaro Sissoco Embalo discursava na cerimónia comemorativa dos 58 anos de três de Agosto, dia que assinala o massacre dos marinheiros do cais de «Pindjiquiti» que reivindicam melhores condições de trabalho e salário.

“Passamos muitas coisas para sermos independentes e estamos sempre conscientes de que, em memória deste país, vamos construir uma sociedade firme e independente”, garantiu o Primeiro-ministro.

Acrescentou que no próximo conselho de ministro vai instituir o prémio 03 de agosto, para distinguir o melhor funcionário, como forma de inovar a comemoração da data e criar mais dinamismo no trabalho.

Umaro Sissoco Embaló encorajou aos trabalhadores a terem confiança no desenvolvimento da Guiné-Bissau, tendo sublinhado que só com a fé, esperança e determinação é que um país pode ir avante.

O Primeiro-ministro lança um apelo ao presidente da Câmara Municipal de Bissau no sentido de trabalhar para que o país volte a ser a cidade limpa e saudável como era anteriormente.

Por sua vez, o ministro da Função Publica ,Reforma e Trabalho, Tumane Baldé referiu que no primeiro conselho dos ministros do actual governo foi dado a orientação para estudar a viabilidade da nova grelha salarial na função pública.

“Vamos dar o nosso máximo para implementar a nova grelha salarial junto dos nossos parceiros com a finalidade de diminuir as dificuldades enfrentadas pelos funcionários públicos”, prometeu Tumane Baldé.

Lançou um apelo aos trabalhadores e aos sindicatos no sentido de terem mais paciência e de darem as suas colaborações para que juntos possam construir um futuro melhor.

ANG/AALS/JAM/SG

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016