POP confirma que 1º de Maio registou três mortes e seis acidentes de viação

O Comissariado Nacional da Polícia de Ordem Pública(POP) confirmou três casos de mortes por afogamento em algumas praias  e  seis casos ligeiros de acidentes de viação durante as celebrações do Dia Internacional dos Trabalhadores, assinalado no 1º de Maio.

Em conferência de imprensa realizada nesta quarta-feira e assistida pela ANG. para o balanço da prevenção da efeméride, o comissário nacional da Polícia de Ordem Pública, Celso de Carvalho, afirmou  que  esses casos de afogamento são registados em praias isoladas e que não tiveram uma cobertura  da POP.

“Houve casos de afogamento em Bigene, Cussilintra e um na ponta Gardete, que são locais pouco frequentados pelas pessoas”, explicou Celso de Carvalho, acrescentado que dos seis casos de acidentes, três ocorreram em Bissau, dois em Biombo e um na Região de Oio.

Aquele responsável sublinhou que para a operação 1º de Maio contaram com um efetivo de 491 agentes de polícia da Ordem Pública, da Guarda Nacional, que se associaram  aos polícias de trânsito.

Celso de Carvalho elogiou o comportamento da população, tendo, contudo, aconselhado aos jovens que frequentam algumas praias para terem mais civismo porque verificaram-se atos nada abonatórios que poderiam causar mais transtornos se não houvesse intervenção, à tempo, das forças de ordem .

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016