Guiné-Bissau acolhe conferência de tribunais constitucionais da CPLP

A Guiné-Bissau vai ser palco da conferência dos tribunais constitucionais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, prevista para abril do próximo ano.

A revelação foi feita hoje em declarações à imprensa por Fernando Jorge Ribeiro, membro da subcomissão da organização do referido evento, depois de um encontro com o Presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá.

Fernando Ribeiro destacou que a sua comissão iniciou contatos preparatórios com os diferentes membros dos órgãos da soberania, a fim de mantê-los informados da existência da comissão.

“E uma conferência instituída há não muito tempo, cuja presidência é rotativa entre os países membros. A última presidência foi exercida pelo Brasil e Cabo Verde deveria ser os país substituto, não foi o caso porque recentemente foi criado um tribunal constitucional em Cabo Verde, razão pela qual a Guiné-Bissau assumiu a presidência desta conferência como sendo também o substituto direto de Cabo Verde”, informou.

Acrescentou que antes da conferência serão realizadas algumas palestras, para troca de impressões e sensibilização das autoridades sobre a necessidade da conferência receber a atenção merecida de todos.

ANG

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016