Gâmbia pretende conservar relação boa de vizinhança

O Presidente da República, José Mário Vaz, recebeu, no passado dia 15 do mês de junho, sexta-feira, um enviado especial do seu homólogo da Gâmbia para lhe transmitir o desejo de reforço das relações entre os dois países.

“O objetivo do encontro foi transmitir ao Chefe de Estado da Guiné-Bissau o compromisso do Presidente da Gâmbia para reforçar os laços de amizade e de boa vizinhança entre os dois países”, afirmou Abubacarr Tambadou, ministro da Justiça da Gâmbia.

Segundo Abubacarr Tambadou, os dois países partilham os ‘mesmos valores culturais’ e, acrescentou: “Acreditamos numa boa relação de vizinhança”.

“A Gâmbia espera fortificar os excelentes laços com a Guiné-Bissau”, salientou.

A Guiné-Bissau tinha boas relações com o antigo Presidente da Gâmbia Yahya Jammeh, que depois de não ter aceitado os resultados das últimas eleições presidenciais no país, acabou por ir para o exílio na Guiné Equatorial.

A saída de Yahya Jammeh, que assumiu o poder na Gâmbia há 23 anos através de um golpe de Estado, permitiu que Adama Barrow, vencedor das eleições presidenciais, assumisse finalmente o poder.
Para a saída de Yahya Jammeh contribuiu a entrada de uma força militar da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), no país, no início do ano.

 

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016