Diretor regional de Educação lamenta falta de centro de formação técnico-profissional em Tombali

Imagem de alunosO diretor regional de Educação de Tombali, sul do país, lamentou, neste fim de semana, a falta de centro de formação técnico e profissional para centenas de alunos daquele região que no ano letivo 2015/2016 concluíram o 12º ano, sem alternativa de continuar os seus estudos.

Citado pela Rádio Sol Mansi, Anssumane Sanhá, que falava num jumbai temático sobre a educação, disse que no ano letivo 2015/2016 mais de 180 alunos do Liceu Regional “Aureolino Cruz” de Catió, região de Tombali, concluíram o 12º ano, mas que até agora não podem continuar os seus estudos devido a falta de centro de formação técnico-profissional .

Sanhá sustentou que qualquer aluno que concluir o 12 º ano para ter um emprego neste, de acordo com a sua opção, necessita de fazer uma formação técnico-profissional para se enquadrar no mercado de trabalho.

O responsável regional de Educação de Tombali informou que vai fazer um pedido de financiamento específico ao Ministério da Educação Nacional no sentido de apoiar na reabilitação do Centro de Formação Técnico-Profissional local que se encontra em estado de abandono há muito tempo.

O referido centro não funciona há mais de 15 anos, o que terá estado na origem do êxodo de jovens de Catió para Bissau, a fim de prosseguirem os seus estudos, sobretudo aqueles cujas famílias têm possibilidades financeiras. 

ANG

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016