Cuba reforça relações com Forcas Armadas guineenses no domínio agricultura e saúde

O chefe da delegação militar cubana, que se encontra de visita ao país, manifestou o interesse de cooperar com as Forcas Armadas guineenses no domínio da agricultura e saúde.

Em declarações à imprensa, à saída do encontro que manteve segunda-feira com o Presidente da República, José Mário Vaz, João Francisco Peres Gil qualificou a audiência de visita oficial de trabalho.

Sobre a cooperação militar entre os dois países, explicou que irão privilegiar a produção de arroz e promover o desenvolvimento do país, que considera irmão da Cuba.

“Durante a nossa visita passámos pelos campos de produção militar guineense, e o balanço que faço é positivo. Esperamos que seja um elemento fundamental para reforçar a nossa cooperação com a Guiné-Bissau”, destacou o chefe da missão militar cubana.

João Gil realçou, por outro lado, que durante a visita aos quartéis militares a delegação constatou certos problemas ligados aos serviços de saúde e da alimentação.

“Esperamos reforçar a cooperação entre a cuba e a Guiné-Bissau”, repisou, lembrando que Havana pretende continuar a servir a Guiné-Bissau, tal como havia feito durante a luta armada de libertação nacional.

A delegação cubana encontra-se em Bissau há mais de uma semana, no quadro de uma visita de trabalho.

ANG

Print Friendly
Siga nos nas redes socias:
partilhar isso?

Deixar uma resposta

Todos direitos reservado JORNAL NOPINTCHA 2016